Informações úteis

image2

 

Objetos de uso pessoal e 

Free Shop

Objetos de uso pessoal como livros, roupas, produtos de higiene e alguns eletrônicos não entram no valor máximo permitido pela Alfândega, mas existem algumas regras referentes a certos itens que param na fiscalização caso seu montante ultrapasse os US$500 estipulados pelo Governo Federal.

Atenção redobrada no Free Shop. Os produtos comprados lá são considerados internacionais e também devem entrar no valor somado de US$500.

Para ver a lista completa do que é proibido ou liberado e os limites quantitativos, clique em saiba mais.

image3

 

O que declarar e como o fazer


Compras que excedem US$500

Faça a Declaração de Bagagem Acompanhada (DBA) se suas compras não forem de uso pessoal e ultrapassarem os US$500 por passageiro que chega ao país por via aérea ou marítima, e de US$300 caso entre no Brasil via terrestre ou fluvial. A DBA é entregue pela companhia de transporte durante a viagem ou retirada nos postos da Receita Federal após o desembarque.

Se você não declarar algo e for barrado na Alfândega, a multa é bem salgada.

Viajando com mais de R$10.000

Se você foi viajar com mais de R$10.000 em dinheiro, cheque ou cartão de débito, preencha a Declaração de Bagagem Acompanhada (DBA) e a Declaração Eletrônica de Porte de Valores (e-DPV).

Caso na entrada no Brasil o montante que superar os R$10.000 estiver em moeda estrangeira, o viajante deve apresentar na Alfândega o comprovante de aquisição da moeda estrangeira da instituição financeira que realizou a operação de câmbio.

image4

 

Passaporte


O passaporte é um documento imprescindível quando se trata de viagens internacionais. Observe sempre a validade de seu passaporte: ela deve ser no mínimo até a data de seu retorno ao Brasil. Caso vá para algum país que exija visto (ex: Estados Unidos, Austrália etc), o mínimo necessário são 6 meses.
Policia Federal São Paulo
R. Hugo D’Antola, 95 – Lapa de Baixo – São Paulo-SP / CEP 05038-090
Fone: 0xx-11) 3538-5000
Fax: (0xx-11) 3538-5930/6187

Delegacia do Aeroporto Internacional de Cumbica – Guarulhos
Rod. Hélio Smith, s/n-Terminal 1- Asa A – Guarulhos-SP / CEP 07190-972
Fone: (0xx-11) 2445-2212/3198/3297/2214/2216/3729/2477/3691
Fax: (0xx-11) 2445-3476/4047/2185

Delegacia do Aeroporto Internacional de Congonhas – São Paulo
Av. Washington Luís, s/n – São Paulo-SP / CEP 04695-900
Fone: (0xx-11) 5090-9046
Fax: (0xx-11) 5090-9056

image5

Transporte de animais


Em época de férias muitas famílias deparavam com um problema: o que fazer com o animalzinho de estimação?

 Se o auxílio de amigos que se dispõem a alimentar e dar água ao bichinho ou mesmo os hotéis especializados na tarefa forem descartados, a única saída é levá-los na viagem.

Na legislação das companhias aéreas “animais domésticos” restringem-se a cães e gatos, mas consta que “os animais vivos poderão ser transportados em aeronaves não cargueiras, em compartimento destinado a carga e bagagem”.

De acordo com o artigo 46º da regulamentação para transporte aéreo de passageiros/doméstico, aprovada pela portaria n° 676/GC, de 13 de novembro de 2000, “o transporte de animais domésticos (cães e gatos) na cabina de passageiros poderá ser admitido, desde que transportado com segurança, em embalagem apropriada e não acarretem desconforto aos demais passageiros”.

Favor nos consultar.

image6

Documentos para embarque


É obrigatório no ato do embarque, a apresentação pelo passageiro de DOCUMENTO ORIGINAL, não é aceita cópia, mesmo autenticada.


A responsabilidade pela apresentação dos documentos necessário ao embarque é pessoal e exclusiva do passageiro.


Viagem pelo Brasil

(vôo domestico - maiores de 18 anos)

Em cumprimento a norma DAC 107-1002 referente a Identificação de Passageiro no Transporte Aéreo Domestico, informamos aos nossos clientes da obrigatoriedade da apresentação de DOCUMENTO ORIGINAL com foto e em boas condições e com menos de 10 anos de emissão, no ato do check-in nos embarques domésticos.


Menores de 18 anos
Favor nos consultar


Viagem Internacional 

(Vôo Internacional - maiores de 18 anos)

Documento exigidos no ato do check-in para embarque (aeroporto)


Passaporte com validade mínima de 6 (seis) meses ou conforme exigência do país visitado;
Visto Consular quando exigido;
Viagens Mercosul, exigido passaporte ou RG original em bom estado e com emissão a menos de 10 anos, exceto Chile em que a emissão precisa ser anterior a 5 anos;


Menores de 18 anos
Viagem internacional inclusive Mercosul e Cruzeiros, precisa do passaporte ou RG (certidão nascimento não é aceito).
Viajando desacompanhado é necessária autorização dos pais por escrito e com firma reconhecida em cartório e quando viajar apenas com o pai ou a mãe necessita autorização do outro.
Visto Consular quando exigido;


Estrangeiros
Residente ou não no Brasil deverá portar a documentação Passaporte, RNE original e visto necessário inclusive no Mercosul e as vacinas obrigatórias para cada destino da viagem (país ou região).


Mais informações de visto

Favor nos consultar

image7

Vacinas


Como medida de controle da febre amarela, alguns países exigem dos viajantes o “Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia” para o ingresso em seu território. 

A vacina contra febre amarela deve ser administrada pelo menos dez dias antes da viagem. Ela está disponível nos postos de vacinação, onde será aplicada e registrada no Cartão Nacional de Vacinação, com o número do lote da vacina e o local em que foi realizada.
Para a emissão do “Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia” (CIVP), você deverá procurar os Centros de Orientação ao Viajante da Anvisa, levando o seu Cartão Nacional de Vacinação e um documento de identificação oficial com foto.

Lembre-se que o certificado internacional só será válido para ingresso no país estrangeiro após dez dias a contar da data da vacinação contra febre amarela. Para um rápido atendimento nos
Centros de Orientação ao Viajante, você pode se cadastrar antecipadamente no Sistema de Informações de Portos, Aeroportos e Fronteiras.

Lembrando que o certificado internacional é valido para o resto da vida.

Consulte abaixo o saiba mais.